arraste para o lado para ver mais fotos
Itajaí Stopover recebe avaliação positiva de quase 100% dos visitantes

Única parada latino-americana da Volvo Ocean Race bateu recorde de público

Uma parada que caiu no gosto dos itajaienses. A pesquisa do Instituto de Pesquisas Sociais (IPS) da Univali apontou que a avaliação do público sobre a Volvo Ocean Race na cidade é quase unanime: 96,6% das pessoas que passaram pela Vila da Regata aprovaram a organização do evento. A terceira passagem da regata de volta ao mundo terminou com público de quase 440 mil pessoas, o maior número da história. 

A pesquisa citou três itens para avaliação e dados preliminares já foram apresentados. Na primeira que citou a organização do evento, 74,9% avaliaram como excelente; 21,7% como bom; e 2,21% regular. Se somados os dois primeiros itens, a aceitação do público é de 96,6%. Sobre infraestrutura do evento, 73,29% disseram que era excelente; 23,49 % como bom e regular, 1%. Para completar as amostras, o os visitantes avaliaram o público do evento. De acordo com 66,06%, a programação atingiu as expectativas; 29,52% disseram indiferente e para apenas 3,01% não atingiu as expectativas.


"Já nos reunimos com a direção da Volvo internacional. Apresentamos uma carta de intenção para que Itajaí continue como uma parada da regata de volta ao mundo. Desempenhamos muito bem o nosso papel e superamos todas as expectativas, desde público até na execução das tarefas. Estamos sendo avaliados como a melhor parada da Volvo Ocean”, destaca o secretário de Turismo e presidente da Itajaí Stopover, Evandro Neiva.

Impacto econômico

O IPS também realizou pesquisa sobre o impacto econômico do evento na cidade, na microrregião da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (Amfri), em Santa Catarina e no Brasil. Os resultados ainda são computados e dão conta de todos os valores envolvidos na etapa. Serão filtrados os gastos e investimentos que ocorreram no período de pré, durante e pós-evento.


De acordo com o professor Luiz Carlos dos Santos, responsável pelo IPS, a questão básica é responder em que a Volvo Ocean Race auxiliou para aumentar o número de negócios, a geração de empregos, o crescimento de insumos e de serviços, entre outros, que não aconteceriam se o evento não estivesse sediado aqui.

Além disso, a pesquisa revelará quantas das pessoas que estiveram na Vila da Regata pretendem voltar, por causa ou não da Volvo, para experimentar a hospitalidade e as virtudes de nossa região.

“Essa Volvo Ocean Race em Itajaí consagrou o município como polo náutico do Brasil. Tivemos uma edição ainda melhor que as anteriores. Nossa cidade está de parabéns”, comemora o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

Público recorde

Com público total de 439.876 visitantes na Vila da Regata, a Itajaí Stopover bateu o recorde de visitantes da Volvo Ocean Race. Nos 18 dias de Stopover, a estrutura contou com o trabalho de 380 voluntários para auxiliar nas bases dos times, área náutica, atrações, visitas guiadas e mídia center.

Nas diferentes atrações da Vila da Regata foram registradas 60.466 visitas no The Globe, 48.843 no The Boatyard e 60.790 no Race Boat Experience da AkzoNobel. Já na bases das sete equipes competidoras desta edição os números são: AkzoNobel 17.056; Vestas 11th Hour 27.968; Dongfeng 24.103; Mapfre 23.690; Turn TheTide on Plastic 24.408; Sun Hun Kai/Scallywag 25.939; Brunel 18.932.


Notícia retirada do site da Prefeitura Municipal de Itajaí
Créditos foto: Marcos Porto




Volvo Ocean Race 5 meses