arraste para o lado para ver mais fotos
Antonio Lopes - Crônica 401 - Sonhos

Os sonhos sempre acompanham o ser humano, despertando curiosidade e crendices variadas. Para alguns o sonho pode ter significado profético, revelando possíveis acontecimentos na sua vida e para pessoas do seu relacionamento. Esse mistério tem atraído estudos que concluem com interpretações interessantes.

Segundo Freud, que ousou disponibilizar seu livro, “Interpretação dos Sonhos”, na virada do século 18, publicado em 1900, o sonho é uma atividade do inconsciente, revelando-se de forma bizarra sobre acontecimentos vividos, de frustrações, traumas e fantasias que estão recalcados pelo consciente. Parece que em todos nós há uma natureza selvagem, bestial, sem leis, sem limites, que surge durante o sonho. Um sonho é a realização de um desejo suprimido ou reprimido. Sonhamos quando estamos em sono profundo, nosso consciente se encontra relaxado e não há censura mental, liberando os conteúdos de emoções inseridas em nós desde a fecundação até o momento atual.

Um sonho que parece durar horas é liberado em poucos minutos. As imagens que se manifestam nos sonhos podem ter significados importantes e são denominadas de oníricas. O sonho não é exclusivo da vida noturna, em sono, pois em estado de vigília sonhamos e construímos sonhos. São momentos em que a mente se liberta, derivando durante alguns instantes, imergindo em fantasias que liberam desejos reprimidos. Uma pessoa saudável sempre sonha, pois faz parte do sistema humano para a liberação de sensações com conteúdos difíceis de interpretar. Somente os psicóticos não sonham, pois não têm estrutura mental completa. Todas as pessoas, normalmente, sonham.

Os cegos sonham com imagens auditivas, pois não têm registros visuais em seu histórico. O sonho é uma experiência que possui significados distintos quando envolve religião, ciência e cultura. Há relatos que até os fetos, no útero, têm sono e sonham, não se sabe com o quê. Em tradições culturais e religiosas o sonho aparece revestido de poderes premonitórios ou até mesmo de uma expansão da consciência.

Encontramos livros e sites que se identificam como interpretadores de sonhos, que exploram o desconhecimento com falsas interpretações e fantasias, com o objetivo de obter benefícios financeiros. Alguns acreditam que existem significados para fins lotéricos, jogo do bicho, previsão de acontecimentos favoráveis ou desastrosos.

Na visão psicanalítica, o significado do sonho se manifesta pelo conteúdo de situações ocorridas em um determinado tempo, que reprimiram a realização de desejos e de fantasias, e que está sempre em busca de gratificação solicitada pelo nosso Ego. É útil numa análise pessoal, visto que revelam situações vividas

. Os sonhos são importantes para o bom funcionamento de todo o corpo do ser humano, pois quem tem bons sonhos à noite afasta ansiedade, depressão e insônia, tornando-se mais criativo. Sonhos agressivos, com pesadelos, podem revelar situações não resolvidas, tendo significado oculto bem variado. Uma noite repleta de sonhos é um estabilizador mental. Dormir mal, sem sonhar, deixa o indivíduo mais vulnerável a desenvolver quadros de ansiedade e de depressão, pois não alcançou um sono profundo necessário para o relaxamento e renovação celular.

O sonho é a base da Psicanálise. Sonhar é 100% humano.



Crônica anterior        /         Página inicial         /        Crônica seguinte




Diversos Há 2 anos