arraste para o lado para ver mais fotos
Município de Itajaí busca melhorias na infraestrutura urbana

Comitiva esteve hoje em Brasília reivindicando obras na BR-101 e Via Portuária

O Município de Itajaí foi representado por uma comitiva em Brasília para garantir melhorias estruturais de mobilidade urbana, nesta terça-feira (10). Na pauta de reivindicações estavam a construção das alças viárias e marginais da BR-101 e a continuidade da Via Expressa Portuária. Os destinos foram o Tribunal de Contas da União (TCU), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

O objetivo central das visitas foi incluir no Orçamento Geral da União as intervenções necessárias no município. Para a Via Expressa Portuária, o Município de Itajaí solicitou R$ 88 milhões, valor estimado para a conclusão da obra federal. Já no caso da BR-101, é necessário que a ANTT e o DNIT aprovem os projetos de marginal com suas pontes e alças viárias.

O prefeito Volnei Morastoni e o assessor especial engenheiro Auri Pavoni estiveram nos órgãos federais para apresentar estudos técnicos de viabilidade e comprovações da necessidade econômica das melhorias. Junto ao deputado federal Osvaldo Mafra, a comitiva foi recebida nos gabinetes do diretor geral do DNIT, Halpher Luiggi Mônico Rosa, do ministro do TCU, Raimundo Carreiro, e do diretor da ANTT, Sérgio de Assis Lobo.

“Precisamos que essas obras sejam encaminhadas com celeridade para que o desenvolvimento econômico de nossa cidade e região não sejam prejudicados”, avalia Volnei Morastoni. “A agenda cumprida aqui em Brasília é de extrema importância, já que a Via Expressa Portuária é uma via federalizada e as obras da BR-101 precisam da autorização da União”, complementa o prefeito.

Já Auri Pavoni destaca que a comitiva itajaiense participou de reuniões técnicas, apresentando todas as justificativas para a liberação das obras e verbas em nossa região. Para o engenheiro, as melhorias vão diminuir os custos e potencializar a cadeia produtiva de Itajaí e região. “Nós conseguimos provar isso para o Governo Federal, através de estudos apresentados em nosso relatório”, reforça.

Comunidade da Canhanduba

A comitiva municipal aproveitou também para buscar uma solução para a comunidade da Canhanduba. Na reunião com a ANTT, foram apresentadas as dificuldades dos moradores que hoje necessitam fazer o retorno em Balneário Camboriú para chegar ao Centro de Itajaí. “Precisamos de uma solução de retorno para a comunidade da Canhanduba, que nos foi solicitado em audiência pública”, comenta o prefeito. O projeto é construir um viaduto próximo da divisa entre as duas cidades.


A intenção do Município de Itajaí é que as verbas entrem na Lei Orçamentária Anual da União e estejam garantidas para 2019. Com as obras, os custos logísticos diminuem, gerando crescimento econômico para Itajaí e região.

Notícia retirada do site da Prefeitura Municipal de Itajaí
Créditos foto:




Notícias 2 meses