arraste para o lado para ver mais fotos
Projeto cria memorial para o cantador itajaiense Arnoldo Cueca

Recursos da Lei Emergencial Aldir Blanc viabilizaram a iniciativa, por meio de edital da Fundação Cultural de Itajaí

Será lançado neste domingo (18), às 19h, o projeto “Memorial Arnoldo Cueca – 100 anos do cantador” em uma live especial transmitida pelo canal do YouTube da Jardineira Produções (youtube /jardineiraproducoes). O itajaiense Arnoldo Cueca é referência no Boi de Mamão e no fazer da cultura popular da cidade. O memorial digital - https://www.jardineiraproducoes.com.br/memorial-arnoldo-cueca - conta com fotos, vídeos, letras de música, reportagens, arquivos e muitas memórias que funcionarão, a partir de agora, como uma homenagem ao cantador e como fonte de pesquisa.


Arnoldo Cueca viveu em Itajaí entre 1943 e 2017, foi fundador e diretor do Grupo Folclórico Boi de Mamão e Dança Portuguesa de Itajaí, com o qual levou a cultura de brincar o boi de mamão para o Estado e o País. O acervo digital criado a partir da produção dele marca um importante momento para a documentação e a perenidade de tradições que constroem a cultura local e regional.

“É certo que as manifestações da cultura popular, quando não registradas, se perdem no tempo dos mais velhos que já não estão mais aqui para contar. Inventariar, apresentar e compartilhar a cultura popular local traz a oportunidade de conhecermos aquilo que forma a nossa identidade, a nossa história e o lugar onde vivemos”, relata Natália Pereira, idealizadora do projeto e neta do “vô Cueca”.

Por meio do projeto, disponibiliza-se ainda o mini-documentário “Arnoldo Cueca – 100 anos do cantador”, com acessibilidade em LIBRAS e audiodescrição, isso, também em um site acessível. O mini-documentário foi produzido em 2020 e ficará disponível no canal do YouTube da Jardineira Produções a partir da live de lançamento do memorial.

O projeto “Memorial Arnoldo Cueca – 100 anos do cantador” é uma realização da Jardineira Produções, com curadoria da produtora e musicista Natália Pereira e do músico e jornalista Evandro Che, integrante do Tarrafa Elétrica. O memorial foi realizado com recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, através de edital da Fundação Cultural e Prefeitura de Itajaí.

Notícia retirada do site da Prefeitura Municipal de Itajaí
Créditos foto: Acervo Jardineira Produções/ Memorial Arnoldo Cueca




Cultura / Lazer 7 meses