arraste para o lado para ver mais fotos
Município de Itajaí trabalha na recuperação de ruas e auxílio à comunidade

Trabalho busca minimizar impactos das fortes chuvas que iniciaram na madrugada de quarta (09) e seguirão durante os próximos dias

O Município de Itajaí trabalha desde as primeiras horas desta quarta-feira (09), após as fortes chuvas registradas, para recuperar as ruas da cidade principalmente no interior, local mais atingido. Equipes da Secretaria Municipal de Obras, Defesa Civil, Guarda Municipal, Codetran e Corpo de Bombeiros seguem com os trabalhos nos próximos dias. O objetivo é desobstruir passagens em vias públicas devido aos deslizamentos de terra e monitorar áreas de encosta que colocam em risco a segurança da população. Foram registrados mais de 100 milímetros de chuva na cidade nas últimas 24 horas.


De acordo com a Defesa Civil, mais de 30 ocorrências foram contabilizadas até a o início da tarde desta quarta-feira. Os relatos são, em sua maioria, de deslizamentos de terra e erosões que danificaram e obstruíram ruas, pontilhões e pontes. Os bairros Brilhante, Campeche, Limoeiro, Itaipava (Baía), Km 12 e Fazenda são os mais atingidos. A Escola Básica Professor Martinho Gervasi, no Brilhante, por exemplo, precisou suspender as aulas nesta quarta-feira (09) para limpeza.

Todas as equipes da Secretaria de Obras foram destinadas para a recuperação da cidade. A Defesa Civil trabalha para atender os moradores em situação de risco, mas até o momento não há registro de desabrigados. No bairro Campeche, lonas foram distribuídas pelos agentes.

A empresa Transpiedade, responsável pelo transporte público da cidade, informa que as linhas não estão circulando na localidade de Laranjeiras, devido a obstrução da rua Vereador Germano Luiz Vieira.

Estado de atenção

A Defesa Civil está em estado de atenção devido ao solo permanecer encharcado com risco alto para deslizamentos. O órgão de segurança e proteção monitora as condições climáticas e as áreas de encosta do município e auxilia a comunidade durante 24 horas, além de vistoriar pontos de possíveis alagamentos.


O deslocamento de umidade do mar e a propagação de uma nova área de baixa pressão favorece presença e variação de nuvens, com aberturas de sol e condição para pancadas isoladas de chuva a partir do fim da tarde desta quarta em Itajaí e região. Não se descarta o risco de novos temporais com descargas elétricas e chuva intensa em curto período de tempo com risco para alagamentos e deslizamentos de terra nas próximas 24 horas.

A Defesa Civil ressalta que a população deve procurar abrigo seguro a qualquer princípio tempestades com ventos fortes e raios, longe de árvores, placas, postes de energia e outros objetos que possam ser arremessados. Em local abrigado, as pessoas devem ficar longe das janelas, além de desligar aparelhos eletrônicos. O Corpo de Bombeiros atende pelo telefone 193 e a Defesa Civil pelo 199. Os boletins informativos podem ser acompanhados por meio do site defesacivil.itajai.sc.gov.br e também pelo Facebook.

Abastecimento de água

As fortes chuvas da última madrugada tiveram impactos no sistema de abastecimento de água em Itajaí e que ainda podem ser sentidos em diversas partes. A turbidez no canal retificado do rio Itajaí-mirim, que fornece a água para as principais estações de tratamento (ETAs), está em 1.300 unidades (ntu), 30% acima do limite de funcionamento eficaz do sistema.


Os principais reservatórios estão em cerca de metade da capacidade. Essa situação reforça a necessidade de racionamento do consumo de água pela população. Devido à forte correnteza, as comportas da barragem de contenção da cunha salina estão abertas. Um guindaste está no local removendo detritos do rio.

A área mais afetada foi o Limoeiro, tendo sido necessário paralisar a ETA local. Manutenções emergenciais estão sendo realizadas em trechos da rede de distribuição de água na rua Mineral. Peças importantes do sistema de captação foram arrastadas pela enxurrada, precisando ser repostas. A previsão de retomada parcial da operação do sistema é no final do dia desta quarta. Na quinta-feira (10), a partir das 7h, a ETA será paralisada para desassoreamento do Ribeirão Mineral, devido ao volume de sedimentos.

Notícia retirada do site da Prefeitura Municipal de Itajaí
Créditos foto: Marcos Porto




Notícias Há 8 dias