arraste para o lado para ver mais fotos
Espetáculo solo de dança contemporânea estreia na Casa da Cultura

Projeto realiza-se por meio da Lei de Incentivo à Cultura de Itajaí

A Karma Coletivo de Artes Cênicas estreia no sábado (10), às 19h, o espetáculo em dança contemporânea “Dentre”, com solo da bailarina itajaiense Lídia Abreu, na Casa da Cultura Dide Brandão (Rua Hercílio Luz, Centro). O espetáculo seguirá em cartaz nos dias 11, 17 e 18 de julho, sempre às 19h, no mesmo local. As sessões são limitadas a 10 pessoas (para garantir as medidas de segurança e distanciamento frente à pandemia da Covid-19). Os ingressos são gratuitos e podem ser reservados no Sympla (bit.ly/ingressosdentre).

O trabalho “Dentre” nasce dos desejos da bailarina Lídia Abreu e do diretor Mauro Filho em experimentar relações entre linguagens artísticas e potencialidades cênicas, explorando a relação do corpo com a arquitetura. Lídia, que além de bailarina é arquiteta, conta que o desejo de aproximar suas áreas foi um disparador, mas que muitos outros atravessamentos somaram-se ao processo. “Dentre é uma busca pessoal de reconhecimento e aceitação de ambiguidades. Mas é também um recorte temporal e uma tentativa de experiência coletiva do espaço-tempo a partir do meu próprio corpo e das relações que estabeleço com as arquiteturas”, afirma a bailarina e proponente do projeto.


O novo espetáculo, com classificação indicativa para pessoas com idade igual ou superior a 14 anos, resulta do processo de pesquisa do projeto “Território Corpo”, contemplado na Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Itajaí, por meio da Fundação Cultural e Prefeitura de Itajaí. O espetáculo busca aproximar corpos, adentrar arquiteturas e sobrepor desejos. Dentro de um espaço, fora de um lugar, dentre linguagens. A intérprete, arquiteta de si e de sua trajetória, encontra no seu corpo um dançar entre, no meio de e apesar de.

A Karma Coletivo de Artes Cênicas é uma companhia conhecida por explorar relações nas intersecções das linguagens da dança, teatro e performance. O grupo tem em seu repertório de trabalhos os espetáculos Berlim e Cartografia do Assédio.

Notícia retirada do site da Prefeitura Municipal de Itajaí
Créditos foto:




Cultura / Lazer 4 meses