arraste para o lado para ver mais fotos
Secretaria de Educação premia vencedores de concurso de poesia

As dez melhores foram publicadas em livros que serão distribuídos para as unidades de ensino

A Secretaria de Educação de Itajaí, através da Diretoria de Educação Integral e Ações Educativas (DEIN), realizou na noite desta terça-feira (20), a premiação dos vencedores do concurso “Poesias à Beira Mar”. Os poemas foram escritos por professores, agentes e educadores do Município, que foram incentivados a escrever e expressar seus sentimentos por meio deste gênero lírico. O tema de inspiração foi a cidade de Itajaí. Foram premiados os três primeiros colocados e as dez poesias finalistas foram publicadas em um livro que será distribuído para todas as unidades de ensino da Rede Municipal.


“Muito importante as nossas escolas terem acesso a este rico material, porque desta forma, as crianças poderão aprender e se inspirar a escreverem poesias”, afirmou o vice-prefeito de Itajaí, Marcelo Sodré.

Na cerimônia de premiação, realizada no auditório da Secretaria de Educação, o Grupo Cambaqui, formado por professores da Escola Básica Aníbal César, também homenagearam Itajaí com canções próprias, que retratam as belezas naturais, os costumes e a cultura do povo daqui. O evento contou, ainda, com a participação dos escritores e poetas, Hang Ferrero e Álvaro Castro. 

“Com este evento percebemos, ainda mais, a importância da educação e da cultura estarem alinhadas. Isso é algo urgente e cada vez mais necessário e os nossos departamentos estão integrados neste sentido, em prol de uma educação cada vez mais de qualidade”, pontuou a secretária de educação, Elisete Furtado Cardoso.

A poesia vencedora foi a “Bico do Papagaio”, de autoria da professora Maria de Fátima Demartino, do Centro de Educação em Tempo Integral (CEDIN) Dilzelena Márcia Teixeira. O segundo lugar foi para o professor de Língua Portuguesa da Escola Básica Pedro Paulo Rebello, José Oleriano Monteiro Filho, com a poesia “Itajaí Linda”. Já a poesia “Ih...Tá já aí”, de autoria da professora Heloísa Resende Alves, ficou com a terceira colocação. Todas as poesias foram analisadas, avaliadas e selecionadas por uma comissão julgadora externa.   

“A poesia alimenta a alma, tempera o dia, acalma a ansiedade e agita quem precisa de folia. A poesia suscita o imaginário, desperta emoções e sensibiliza os nossos corações. Todos os profissionais da educação estão de parabéns pelas belíssimas poesias”, comentou a supervisora do Programa Cultura e Travessura e idealizadora do concurso, Ana Carolina Beling.

Notícia retirada do site da Prefeitura Municipal de Itajaí
Créditos foto:




Notícias Há 9 dias