arraste para o lado para ver mais fotos
Programa de Controle da Dengue realiza quase 270 mil visitas de orientação em 2021

Ações de combate são essenciais para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti

Os agentes de endemias do Programa de Controle da Dengue do Município de Itajaí realizaram 268.850 visitas de orientação em imóveis, comércios, armadilhas e pontos estratégicos no ano de 2021. O dado representa 5.326 visitas a mais do que em 2020. Também foram feitas 85 aplicações de inseticida em diversos pontos da cidade. As medidas tiveram como objetivo o controle da proliferação do mosquito Aedes Aegypti.


Além das visitas de orientação nas casas e comércios, o programa também deu início no ano passado ao projeto Agentes Mirins de Combate à Dengue. Ao todo, 190 alunos de duas turmas se formaram em 2021 e, neste ano, o objetivo é levar a iniciativa para mais escolas do município. O projeto leva informações preventivas aos estudantes e professores para que eles sejam multiplicadores de boas práticas em suas comunidades.

“O programa realizou diversas ações no ano passado para conter o surgimento de focos do mosquito transmissor e o número de casos de dengue. Além das iniciativas de orientação, foram feitos mutirões de limpeza em parceria com a Secretaria de Obras para recolher entulhos em terrenos baldios e minimizar o risco de transmissão da doença. Neste ano, seguimos com as ações de controle e contamos com o apoio da população”, observa Lúcio Vieira, gerente de Controle de Zoonoses do Município de Itajaí.

Atualmente, Itajaí conta com uma equipe de 87 agentes de endemias envolvidos exclusivamente nas atividades de prevenção e combate ao mosquito. Até o momento foram encontrados e eliminados 16 focos positivos do mosquito e nenhum caso confirmado de dengue. Já no ano passado foram contabilizados 1.188 focos do Aedes Aegypti em 17 bairros e 365 casos confirmados da doença.

O cuidado com o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya deve ser redobrado com a incidência de chuvas e temperaturas elevadas no Município, já que esse é um clima favorável para a proliferação do Aedes Aegypti. “Para que tenhamos um verão tranquilo precisamos do apoio da população. As pessoas devem vistoriar suas casas e quintais e eliminar recipientes que possam acumular água. E principalmente não jogar lixo e entulho em terrenos baldios, pois isso pode se tornar criadouro do mosquito”, reforça Lúcio Vieira.

Confira as principais orientações para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti:

- Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar, coloque areia até a borda;

- Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
- Mantenha lixeiras tampadas;
- Deixe os depósitos para guardar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
- Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
- Mantenha ralos fechados e desentupidos;
- Lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
- Retire a água acumulada em lajes;
- Dê descarga no mínimo uma vez por semana em banheiros pouco usados;
- Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;
- Evite acumular entulho e não jogue lixo em terrenos baldios.

Caso observe locais com risco, denuncie pelo telefone/whatsapp (47) 3249-5573.

Notícia retirada do site da Prefeitura Municipal de Itajaí
Créditos foto: Marcos Porto




Notícias Há 4 meses